Atrasos na documentação e compra da área pela prefeitura podem tirar hospital regional de Tangará

Espalhe o amor

Mauro Mendes deu um puxão de orelha no prefeito Vander Masson de Tangará na sexta-feira passada durante o festão promovido pela prefeitura para políticos e empresários convidados do prefeito e do governador no salto das nuvens. Mauro Mendes falou na frente de todo mundo que Tangará está atrasada.

Na prática esse atraso significa tropeços atrás de tropeços da gestão de Masson que até agora não conseguiu concluir a entrega da documentação necessária e muito menos apresentar uma área para a construção do hospital.

O projeto já está pronto, feito pelo gov. do estado, porém para sua execução são necessários o cumprimento de trâmites legais que a gestão Masson não está conseguindo entregar.

Tais atrasos pode fazer com que Tangará fique sem o sonhado hospital regional.

E o desespero do Masson é tanto que desesperadamente ele acusa os vereadores Rogério Silva, Ademir Anibali e o ministério público de conspirarem contra a gestão e atrapalhar a compra de uma área de um grupo de empresários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *