“Nunca houve tragédia tão grande entre nós”, diz prefeito de cidade de MT sobre acidente que matou 13 pessoas

Espalhe o amor
Foto Reprodução

O acidente entre uma van e uma SW4 que resultou na morte de 13 pessoas, na manhã de sábado (30), chocou Comodoro (a 667 quilômetros de Cuiabá). Segundo o prefeito, Rogério Vilela, o município nunca havia presenciado uma tragédia desse magnitude.

“Nunca houve tragédia tão grande assim entre nós. (…) Eles [familiares] foram bem recebidos e acolhidos em sua dor”, contou o prefeito em entrevista ao Site de Notícias da capital, Olhar Direto. No acidente que ocorreu na manhã de sábado, faleceram Aparecida Guslinski, Elenice Fernandes de Souza, Elias Santos, João Alves Franco, José Luis da Silva, Antônio Pereira Soares, Silvalda Souza Silva, Luiz Guslinski, Geraldo Aparecido, Cenire dos Santos, Mailon Rocha, Marcio Coelho e Juliano Coelho.

“Comodoro nunca experimentou algo do tipo. Comodoro viveu essa experiência sem nunca ter experimentado esse sentimento antes, em toda sua história de 35 anos de emancipação política e administrativa. Então, como você pode imaginar, a consternação foi algo avassalador para nossa cidade e munícipes. O sentimento de consternação tomou conta da cidade. Comodoro chorou como, em referência bíblica, Raquel chorou pelos seus filhos mortos”.

O prefeito revelou  que grande parte das vítimas foram veladas no salão de uma igreja católica do município, enquanto os demais foram para Colônia dos Mineiros, distrito de Comodoro, ou foram velados em suas próprias casas. Algumas das vítimas foram enterradas na tarde de domingo.

Apesar de Comodoro desprover de médicos legistas, o prefeito pediu apoio ao município de Pontes Lacerda, que enviou a equipe necessária para poder fazer a liberação dos corpos. Todo o procedimento foi realizado na tarde e noite deste sábado.

Segundo o parlamentar, a prefeitura assegurou suporte aos familiares das vítimas com apoio psicológico, transporte, acionamento de seguro e despesas funerais.

O acidente

Um grave acidente entre uma van que transportava pacientes e uma SW4 deixou pelo menos 13 pessoas mortas, na manhã deste sábado, na BR-174, em Comodoro. Os veículos bateram de frente. As vítimas seguiam para fazer tratamento de hemodiálise.

A Polícia Civil informou, preliminarmente, que foram 11 pessoas mortas na van, que fazia o transporte de pacientes que fariam hemodiálise no estado de Rondônia. Apenas dois passageiros sobreviveram e foram socorridos para a unidade de saúde mais próxima.

Com Olhar Direto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *