Bolsonaro libera aumento de 33% a professores, mas Vander só da 4% em Tangará

Espalhe o amor

Parece que a classe dos professores não é prioridade na gestão do prefeito Vander Masson. Mesmo o presidente da república Jair Bolsonaro reajustando em 33,2% o novo valor do Piso Salarial Profissional Nacional para os Profissionais do Magistério Público da Educação Básica, em Tangará da Serra o prefeito concedeu um reajuste pífio de apenas 4%.

A reclamação dos profissionais da educação chegou ao Olhar do Norte. Os profissionais demonstram total indignação com o reajuste concedido pelo prefeito.

“O presidente nos garante 33% de aumento, mas o prefeito pratica só 4%. É essa a gestão humanizada? É esse o prefeito que iria defender o servidor público? Essa que é a prioridade que essa gestão da aos professores?”, disse indignada uma professora da rede municipal.

Reajuste de 33,24% no piso salarial dos professores mostra comprometimento do Governo Federal com a educação

O Piso Salarial Profissional Nacional para os Profissionais do Magistério Público da Educação Básica (PSPN) teve a maior correção desde o surgimento da Lei do Piso em 2008.

Com o reajuste de 33,24% anunciado pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, o piso para 2022 será de R$ 3.845,63. Mais de 1,7 milhão de docentes serão beneficiados em todo o país, de acordo com o Ministério da Educação, menos em Tangará da Serra onde o prefeito Vander Masson concedeu apenas 4%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *