De pé moradores esperam ônibus sob chuva e sol no Dona Júlia

Espalhe o amor

Pouco preocupada com o sofrimento dos mais necessitados, a administração municipal de Tangará da Serra já no segundo ano do mandato, ainda não conseguiu instalar um ponto de ônibus com uma simples cobertura em um dos maiores bairros da cidade, o Dona Júlia.

Moradores que precisam usar o transporte coletivo se agrupam em um ponto onde não existe cobertura e tão pouco banco para sentarem.

Idosos, mulheres e crianças aguardam todos os dias o transporte esteja chovendo ou fazendo sol forte. Aguardam de pé inclusive. “Infelizmente o povo pobre é que se lasca e paga a conta de salário alto de prefeito, vice e vereador”, protestou uma moradora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *