Mais cargos: Vander cria secretarias adjuntas com salários acima de R$ 10 mil

Espalhe o amor

A administração municipal de Tangará da Serra é composta por 12 secretarias municipais, duas autarquias e superintendências, como a de governo, que serve para promover a articulação política da gestão e gerir a comunicação do governo municipal. Os salários variam de R$ 10 mil a R$ 7 mil cada, por mês.

Mesmo assim, com toda essa estrutura, o prefeito Vander Masson (União Brasil) considera que ainda é pouco e enviou para a câmara municipal, para apreciação dos vereadores, dois projetos de lei para criação de mais cargos.

Agora Masson pretende criar os cargos de Secretário Adjunto de Saúde e Secretário Adjunto de Mobilidade Urbana, cada um com R$ 10.405 de salário mensal. O prefeito enviou ainda à câmara, na estrutura desses projetos, a criação de outros cargos ainda: Assessor de apoio administrativo de Gabinete com salário de R$ 5 mil, Chefe de Departamento com salário de R$ 4 mil e mais duas coordenações com salários de R$ 3 mil cada.

Essa não é a primeira vez que Vander Masson tenta criar cargos com altos salários. Há alguns meses o prefeito tentou emplacar a criação de uma assessoria de gabinete com salário de R$ 9 mil para agregar sua já assessora ngela Xavier Belizário. Os vereadores rejeitaram a proposta.

Agora volta a estar nas mãos dos vereadores permitir a criação de mais uma série de cargos, inchando a máquina pública, podendo prejudicar a gestão fiscal do município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *